28 de out de 2016

Exercendo o contraditório

Estou na terceira  semana em casa e a rigor, na casa da minha filha. Tenho apredido a beber começando com 50 ml de caldo de legumes  ou frango coado, passando por sucos e purês beneirados até o auge atual 2 colhes de sopa de purê e 2 proteína, frango ou peixe desfiado  e 150 ml dos líquidos. Liquido 1 a 2 horas depois...rsrs

Já tomo 1 cafezinho por dia - claro que ralo  e com leite sem lactose. Cada refeição destas leva 20 minutos.

O pior que a escolha foi minha, seja por descuido na saúde, seja por conduzir essa alternativa.  A expectativa é  3 meses a frente e tudo normal
...e o que tenho feito de estranho?  Tenho assistido vários programas de TV  sobre gastronomia e culinária. Não é meio doido isso! A verdade que já posso fazer receitas de vários países. Agora preciso de cobaias!

Se dos distúrbios potênciais de um gastrectomia vertical - redução  do estômago, para conter o diabetes, riscos de AVC , esses foram os sacrificios e a piraçao que rolou, então  dou graças!
A dose do remédio  de pressão  já reduziu a 1/2  em 2 semanas e o açúcar normalizando. Funcionar funciona, mas tem que ter muita força de vontade.

Ah, 20 dias e  5 kg fora!
Breves notícias frescas e espero com gosto de café.
Bjs saudosos!

#floresbrancaspelapaz

17 de out de 2016

Verdades são lenços que secam lágrimas

Aprendi com meu orientador e Instrutor que a Fraternidade Branca Universal é uma entidade cósmica, portanto sem fronteiras. Ele aprendeu com seu Mestre que se tornou o meu.

A FBU contém  sem ser contida e dela nos tornamos parte por opção  e força karmica. Regida pelo amor fraternal, Ela está onde colocamos nossas mentes  e corações.
Quando nos conectamos a essa corrente de amor  universal tudo reverbera e, se os desejos são  sinceros, está feita a nossa parte.

Quando enviamos vibrações,   mesmo se aceitas ou não pelo outro, não  importa porque não  é nossa.  Aliás, é nossa: - nós  humanidade.

Shanti e Boa caminhada.

#floresbrancaspelapaz

16 de out de 2016

Reticências, uma paixão

Sei que escrevo mal e por vezes assassino a língua. Entretanto, peço  desculpas aos doutos, mas opto pela alma.

Creiam e juro de pés  juntos, sem cruzar os dedinhos, que não  se trata  de desculpa só de inculta ou preguiçosa. Não  sei mesmo. Como diz seu Augusto, quem pouco lê, mal escreve. Ele tem razão: - mea culpa.

Afianço também,  a  grande verdade de que a alma é  livre  no expressar-se e não quer ser contida  em mordaças,  regras  e acordos. A minha por exemplo, extrapola e se expõe  em erros e acertos.

A minha alma por exemplo, ama reticências. Creio que são  pingos mágicos  que encantam a vida, dando a cada coisa e fato, uma oportunidade.

Seja  por dúvida,  por apego ou forte desejo de continuidade, elas sempre deixam portas entre abertas.Se no final,uma expectativa de algo a mais. Se no início, um reentrada furtiva.
Para mim reticências  são  bailarinas, são  dançarinas dos sete véus...

...e assim vou driblando o que falta na  moça inculta com o que sobra na alma livre e passando este tempo de pouco café.
....beijos com sabor continuado.

#floresbrancaspelapaz

12 de out de 2016

Crianças maduras, novas ou da vez!

... e o tempo passa e elas crescem.  Hoje já passaram daquela idade que você tinha qdo elas nasceram, já fizeram 15 anos,  30 e 35 anos e vão  seguindo cada qual seu rumo em paralelas que dizem vão  se encontrar no infinito.

Não  há  mais presentes e bagunça  no dia das crianças ou balas e doces sobre a mesa. São  outros tempos e outras comemorações, outros círculos e outros ciclos.

A vida lhe oportuniza novas crianças  transvestidos de genro, filhos emprestados, sobrinhos netos, sobrinhos. A vida é  sobretudo generosa.

Concluo com saudade, mas muita alegria, que cada coisa no seu tempo,  aliás  o tempo que  é o senhor de todos os caminhos.

"Quem sabe faz a hora" e aproveita todas elas até  voltar a ser criança no Giramundo de Raimundo.
Estejam felizes hoje é sempre!



#floebrancaspelapaz

6 de out de 2016

Vésperas sem café

Hoje estou me preparando para uma cirurgia. Muita coisa vai mudar e há  muito o que reaprender.
Comer devagar, saber escolher, começar  do líquido,  pastoso até  chegar o sólido depois de muitos e muitos dias e muitas mudanças.

Até diminui o café  e tudo isso para controlar a pressão  arterial, a glicemia e melhorar as dores na coluna e no ciático.

Uma nova luta, uma nova etapa a ser vencida e mantida.

Que rufem os tambores porque vão  começar  os jogos de Primavera onde serei o meu principal adversário.

Fica aqui registrada está véspera  cheia de expectativas, sonhos, fé  e confiança.

Estou entregue aos Mestres e que ocorra o melhor, independente das minhas escolhas e vontade.
Beijos as filhas, aos amigos, colegas e família...darei notícias.
Shanti!

#floresbrancaspelapaz

4 de out de 2016

e a estrada segue...



"Conforme a vida passa, a estrada cresce estranha  com novas faces e perto do fim, os marcos em suas lápides mudam. Sob cada um,  um amigo - James Russel Lowell

Dedico aos se foram por morte ou opção e não os amo menos por isto."