11 de jun de 2017

Carlos, nosso Zé

Hoje deitaremos a terra as cinzas daquele que foi e será lembrado como um homem de bem.
Zé se foi e deixa conosco um legado de honestidade, fraternidade e rigor. 

Carlos Henrique Souza Moreira era um cirurgão cardio-toráxico, que optou em exercer a medicina pública. Médico e professor universitário, sempre atendeu a todos com igualdade nos postos da previdencia social e no hospital universitário. Dedicou a vida a medicina e a politica médica  nos conselhos federal e estadual de medicina. 

Casou-se com Lucia Helena com quem teve 2 filhos e 3 netas, separou-se, mas foi ao lado dela que teve seu último momento. Enfrentou com determinação a perda da fala e outras consequências de muitos tumores, em quase 2 décadas de luta.

Lucinha recebeu Carlos e assumiu a sua luta desde a primeira internação e deixou para trás as magoas. Casaram-se de novo.

Eu o conheci na Fazenda São José para fazer um projeto de pisicultura e Carlos passou a fazer parte da minha vida e das minhas filhas. Já dista muito o tempo em que nos envolvemos e, quando adoeceu, já separados, me juntei a Lucinha em cuidados.

Nos tornamos amigos e cumplices. Aliás, aproveitamos o que de melhor tinhamos - a amizade. Eu e as filhas chamavamos Carlos de Zé. Ele esteve presente de doenças a festejos. Todas formaturas e casamento. Ele e Lucinha.

Zé era comunista de carteirinha e acretitava no tratamento correto e justo para com  as pessoas. Hoje, nenhum empregado da fazenda tem salários ou obrigações atrasadas. Era rigoroso e por vezes, rispido, mas amava a natureza e as flores. Na fazenda tem 3 pés de acácias amarelas, as quais deu os nossos nomes Heide, Agnes e Cissa. Era capaz de ser terno e doce em gestos.

Era ateu, mas suas atitudes eram mais crísticas do que muitos que professam religiões. Tinha defeitos, mas as virtudes os suplantavam.

Para ele acabou aqui, mas para mim nos veremos a frente 

RIP Zé, receba nosso amor.

2 comentários:

  1. Foi amado durante a sua vida.
    Respeitado e reconhecido o seu mérito.
    Forte de ânimo,e também pessoa de bem.
    Adormeceu, seu sono é eterno, já não sofre.
    E na terra as amigas de verdade o recordam e, assim
    ele está morando nos vossos corações.
    Um abraço para vós ambas junto com o meu apreço.
    Dilita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto no meu coração o calor do seu conforto do seu abraço.

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.