10 de jan de 2013

Um banho gelado e um café forte.


Liguei para Paulinho de supetão. Não era aniversário e nem tava com tanta saudade, mas o nome dele tava lá na minha frente e liguei. Que decepção! Encontrei  um Paulinho morno, sem élan e queixoso.

Precisei  dá dois pares de gritos para lembrá-lo do quanto ele é um ser humano maravilhoso, um homem gentil, um amigo grandioso e um amante...valha-me Deus!

Literalmente, rodei a  baiana, subi nas tamancas e comecei a espanar. Vociferei tudo que ele já fez, tudo que ainda pode fazer. Lembrei de onde ele veio e onde chegou. Ele é um vitorioso, um puta profissional , ético e com uma grande capacidade de formar pessoas.

Paulo é um coração com pés, chapéu e muito charme!

Será que este homem perdeu o espelho? Será que a aposentadoria prematura arrancou-lhe alma? Será um que um pouco a menos de grana tirou-lhe o juízo. Só fazendo um café com sal!

Isto mesmo, café com sal.   dizia minha mãe, cura qualquer cachaça e eu acrescento, tira qualquer banzo porque se vomita até a alma e nasce de novo!

Mandei Paulo tomar um banho frio, bem espumado e descarado (rsrsrs), colocar sua melhor roupa branca  e perfumar-se...e não esquecer o chapéu!!

Agora é se olhar no espelho, sentir o garbo. Tomar um um cafezinho e sussurar que o nego Paulinho é o bom!!!

Daqui, tomo um banho para serenar os ânimos, faço um café forte para resgatar meu juízo e confesso, que o amor que fica....é o que gente lembra a qualquer dia e a qualquer momento.

Tomo meu café na varanda, sentindo o ventinho e desejando que Paulinho  lembre o quanto é um ser humano grandioso.

Seja feliz meu querido e conte sempre com meu respeito e carinho. Quando vier a Salvador apareça para um café com bolinho!!!

2 comentários:

  1. Café com sal minha mãe me deu depois de ter percebido que o revirado dos meus olhos era devido a doze taças de champanhe que bebera para obviar à asneira de ter aberto as garradas com horas de antecedneia...Eu tinha 13 anos - azar - e só não devo ter vomitado as tripas pois até hoje meu abdómen tem trabalhado na perfeição...
    No que a Paulinho concerne, ele há gente que se cança de ser grandiosa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o bom de ter amigos contemporâneos é que não nos olham como se estivessemos loucos, quando falamos sobre coisas perdidas no tempo. Conheces o café de tição e agora o café com sal.
      Com sal,açúcar ou brasa nossos laços vão ficando mais fortes!!!
      Quanto a Paulinho, vou tentar mante-lo de pé, nem que tena de carrega-lo.
      Obrigada por atender aos meu protestos de abandono.

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.