21 de jun de 2016

Samantha - Agora eu sou uma estrela!


O inverno sempre chega nesta data, mas o  inverno recaí sobre nossos corações como uma chuva miúda que encharca alma, quando bate a lembrança dela que hoje faria 41 anos: - Samantha

A primeira das netas, a primeira a passar no vestibular, a formar-se, a casar e  nos dá neto. Talvez esta mania de ser primeira a tenha feito ir antes de todos. Mais que uma brincadeira de mau gosto, uma verdade aterradora.

Ela se foi num dia de trabalho, junto com muitos outros pais , mães e filhos e sua comadre. Assim como veio, partiu. Deixou marcas e lembranças das melhores.

Reedito uma postagem antiga, com toda certeza de que quem olha para o céu vê como ele está lindo.


Samantha - Agora eu sou uma estrela!

"Agora, o braço não é mais o braço erguido num grito de gol.
Agora, o braço é uma linha, um traço,
um rastro espelhado e brilhante.
E todas as figuras são assim:
desenhos de luz, agrupamentos de pontos, de partículas,
um quadro de impulsos, um processamento de sinais.
E assim — dizem — recontam a vida.
Agora, retiram de mim a cobertura da carne,
escorrem todo o sangue,
afinam os ossos em fios luminosos,
e aí estou, pelo salão, pelas casas, pelas cidades, parecida comigo.
Um rascunho. Uma forma nebulosa, feita de luz e sombra.
Como uma estrela. Agora, eu sou uma estrela" Poema de Fernando Faro 

Para aquela que nesta vida foi Samantha Xavier Reis e nos encheu de orgulho, alegrias e nos mostrou a eternidade do amor, as minhas vibrações.

Aos familiares de todos passageiros e tripulantes do Gol abatido pelo Legacy há 9 anos (agora, 10 anos), nossas vibrações de conforto, paz e harmonia.


                  João Eduardo - uma bela combinação de Samantha e Fábio, mas com personalidade toda própria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.