8 de jun de 2016

Um mimo para seu Augusto.

Não costumo sair do trabalho no horário do almoço. Tem calor, engarrafamento e uma insana procura de vaga para estacionar. Normalmente, fico por aqui e como na minha mesa, vagueio na internet, estudo, envio reiki ou faço nadica de nada.

Hoje resolvi ir em busca de um mimo para um amigo que fará aniversário amanhã e, como bem que já sabia, voltei sem comprar. Confesso minha incapacidade de presentear alguém tão elegante, leitor voraz e gosto refinado. Vaguei pelas prateleiras das livrarias, indo das cronicas aos livros de arte e por fim, resignada subi a cafeteria, almocei e retornei.

Amigo, lhe ofereço meu carinho, minhas preces e votos de que seja feliz. Desejo que não lhe falte saúde, ocupação e amigos e você encontre paz nos seus dias. Que o amor verdadeiro preencha seu coração e a amizade sincera lhe seja sempre próxima e farta.

Espero poder abraça-lo por muitos anos com muito café e bolinho.



4 comentários:

  1. É isso aí, amiga: não há melhor presente para um amigo do peito do que aquele abraço! Apertado, generoso, autêntico, osmótico...Eu gosto!
    Bjs
    Zito

    ResponderExcluir
  2. ... isso amigo. Mandei um zap assim que terminei as minhas orações da meia noite.

    ResponderExcluir
  3. Acho o presente material muito importante. Gosto de da presidente acho ótimo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.