15 de jun de 2016

Tempos incertos, mas cheios de cumplicidade.

Tempos incertos rondam nossa família. Questões de trabalho, cortes de salário, atrasos e perda de funções tem afetado a todas nós. Quem está na esfera pública enfrenta o contingenciamento e o risco de que não se efetivem as convocações nos concursos e os que estão na esfera privada enfrentam o fantasma do desemprego.

Somos uma família unida e de mulheres fortes. Enfrentaremos com dignidade  o que se apresentar. Nestas horas, o que é individual passa a ser coletivo, sejam os ganhos ou as dívidas.  Tenho certeza na providencia divina e na misericórdia que não falta aos trabalhadores.

Temos formação, experiência e garra. Somos especializadas, mas fomos cunhadas nas generalidades pela força da necessidade e dela fazemos uma arma e armadura e vamos a luta. Tendo café na dispensa, não importa o rigor do inverno, venceremos!


Meninas, arregacemos as mangas!

Juízo Final
Alcione

O sol há de brilhar mais uma vez
A luz há de chegar aos corações
Do mal será queimada a semente
E o amor será eterno novamente

É o juízo final
A história do bem e do mal
Quero ter olhos pra ver
A maldade desaparecer

O amor será eterno novamente
O amor será eterno novamente
foto: R. Lima


2 comentários:

  1. Não há vidas nem pessoas perfeitas... Mas nada será melhor se a gente não lutar...
    De resto, minha amiga, eu não acredito no "juizo final"!
    Coragem e corações ao alto!
    Bjs
    Zito

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.