9 de nov de 2016

O mundo tá girando contrario!


A minha geração está sendo bombardeada por mudanças. Sei que todas foram, mas nascemos sem TV em casa e agora cá estou a escrever no blog as minhas impressões de mundo. 

Aprendi que a vida vai e vem em ciclos e nos últimos tempos os ciclos se amiúdam...


Num dia 9 de novembro o muro de Berlim caiu...mas como a história se repete alternando comédia e tragédia, hoje outro 9 de novembro, 27 anos depois, amanhecemos o dia com Trump no poder e suas propostas de muros físicos e políticos entre os povos!


Em casa nada muito diferente, o governo Temer  (#foratemer) tira direitos dos trabalhadores, coloca um ator de pornochanchada para coordenar a reforma na educação, trata jovens como bandidos e os 3 Poderes brigam feito  entre si e só se entendem para defender seus ganhos pessoais.


O Rio que continua lindo e com o Cristo de braços abertos, mas é o Bispo Crivela da Igreja Universal, que construiu um templo de ouro, ouro mesmo, e cobra para entrar, que vai ser prefeito por 4 anos. Já começa uma campanha contra outras religiões e LGBT.


Não dá para saltar, o mundo não para...é segurar o tranco e seguir.


Vibremos porque tempo difíceis se avizinham!


P.S. obrigada aos que torceram, tomei a injeção.



7 comentários:

  1. Cara amiga, vier e isso mesmo: LUTAR!
    Bjs
    Zito

    ResponderExcluir
  2. Olá querida Nouredini!

    Queria muito na altura ter-lhe dito umas palavras acerca do seu quase pavor de injeção intamuscular, mas ando sempre atrazada, e já começo a pensar que assim ficarei até ao fim da ultima etapa.
    Segui toda a fase da intervenção, e também o inicio da recuperação sem dizer nada, ou muito pouco, mas nunca me alheei dos seus males,e no meu silêncio o pensamento voava e levava para si a certeza de que esta portuguesa de pequena estatura, e de cá do outro lado do mar estava a seu lado apertando a sua mão, enquanto baixinho lhe segredava palavras de amizade e esperança.
    Palavras incitando à coragem, não são necessárias - a Nouredini é a mulher mais corajosa que eu alguma vez conheci. Bendita, por isso; porque dos fracos não reza a história.

    Quanto às injeções, também a compreendo... fui igualzinha a si até adoecer duma espécie de anemia quando tinha 23 anos. Nessa altura precisei dumas dúzias delas - perdi o medo absolutamente. Já quanto ao dentista, ai, ai, ai...

    O mundo está em mudança - como já por cá ando à muito tempo sinto muitas alterações, e em simultâneo em várias latitudes. Infelizmente, quanto a mim não se afiguram boas prespectivas. Quem sabe não estarei a pensar errado?! Oxalá, e que tenha tempo para me penitenciar pelo mau agoiro.

    Isto não é um comentário, é a Dilita tagarela, que quis vir falar consigo.

    Que cedo esteja recuperada e animada, para tomarmos o nosso cafésinho sem reservas de qualidade.
    Um abraço apertado e dois beijinhos.
    Dilita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha querida amiga,
      tenho no fundo do meu coração a certeza da sua companhia. Os amigos distantes são muitas vezes, mais presentes que os que estão ao nosso lado.
      Sossegue seu coração, ainda irei a Portugal e tomaremos nosso café!

      Excluir
  3. Então amiguinha, finalmente a rosa lá se quedou no respectivo post... Será que está para ficar? Logo se verá.
    (nem o cheiro aí tinha chegado... e eu acrescento, nem a sombra.)

    Fico á espera que venha até Portugal, prometo esperar.
    Beijinho.
    Dilita.

    ResponderExcluir
  4. Ola Nouredini leia a pec 55, será que bom vivermos em um inflação tão alto. A gestão anterior acabou com a nossa economia, 20 em economia não é tanto tempo assim. Bom lembrar não votei em temer. Sua irmã neima(teima)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li e vejo a necessidade de cortes mas só para nos? por que o judiciário e o legislativo continuam as prerrogativas e as escutas pública... a reforma escolar?!

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.