18 de mar de 2017

O rio desagua no mar.

Para quem me mandou o mar, mando o rio ao seu encontro.

Mar
Sophia Breyner

I

De todos os cantos do mundo
Amo com um amor mais forte e mais profundo
Aquela praia extasiada e nua,
Onde me uni ao mar, ao vento e à lua.
II

Cheiro a terra as árvores e o vento
Que a Primavera enche de perfumes
Mas neles só quero e só procuro
A selvagem exalação das ondas
Subindo para os astros como um grito puro.
in Poesia, 1944

O Rio
Marisa Monte

Ouve o barulho do rio, meu filho
Deixa esse som te embalar
As folhas que caem no rio, meu filho
Terminam nas águas do mar

Quando amanhã por acaso faltar
Uma alegria no seu coração
Lembra do som dessas águas de lá
Faz desse rio a sua oração

Lembra, meu filho, passou, passará
Essa certeza, a ciência nos dá
Que vai chover quando o sol se cansar
Para que flores não faltem
Para que flores não faltem jamais

Braça amigo




10 comentários:

  1. Minha Amiga

    Adorei.

    Eu nasci à beira rio... o romântico Mondego (Coimbra)onde minha mãe e avó iam lavar a roupa e nós aproveitávamos para pescar uns peixitos!Para a garotada a miséria era uma festa!

    Saudações de amizade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita. Mantive o anonimato e vc se traiu...rsrs.
      Que bom!

      Excluir
    2. Foi ele que providenciou a rosa para Zito.
      Pode avaliar o tamanho da gentilza

      Excluir
  2. Olá querida Noredini.

    O mar e o rio, de quais versos gosto mais? Não consigo escolher. Ambos bonitos. Grata pela partilha.

    Obrigada pela vinda ao meu birras, pelas saudações, e pelos desejos de melhor saúde para os velhotes. Pois eles velhotes, nós, começamos a estar afanados. Os brônquios passaram a imitar o vento e os miados dos gatos, e isto está a custar a desaparecer. Ah, mocidade, mocidade o que fizeste de mim, etc, etc...
    Mas estamos melhor do que na passada semana.
    Obrigada amiga por estar connosco. Eu quero a sua amizade.
    Beijinhos.

    (Então este blogista que assina Amendes é meu vizinho? Então e eu não sabia?! É que eu sou de Montemor-o-Velho distrito da linda Coimbra. Vizinhos costumam estimar-se, por isso aceite os meus cumprimentos. - via blog da amiguinha Nouredini.)

    ResponderExcluir
  3. Voltei aqui numa pressa só para deixar um abraço de bom dia e dizer que embora lentamente as melhoras começam a ser notadas.Estou a animar-me.

    Agora "uma ordem" : - Faça o favor de substituir de imediato esta foto. Fez isto aonde? Nas máquinas do registo civil ? Ali é certo transformarem o aspecto da fotografada. Aconteceu igual consigo. Esta não é a minha Nouredini. Não é! Não, não,não, não, não, nunca jamais em tempo algum....
    Eu tenho a certeza do que estou a escrever - vamos lá, faça ou peça a quem lhe faça uma foto normal, eu estou à espera.
    Entretanto e para castigo não lhe mando um beijinho mas sim um enorme beliscãozão.
    Dilita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi ele que providenciou a rosa para Zito.
      Pode avaliar o tamanho da gentilza

      Excluir

      Excluir
    2. Querida,
      Qto a foto...rsrs, obrigada pela gentileza. Estou so de telemovel e em casa e o blogger não esta aceitando anexar fotos, salvo se tirada no aplicativo do blog e de pertinho...ai averdade aparece...rsrs. Bjs saudosos
      Ah, segunda volto ao trabalho e no computar troco.bjs, braça

      Excluir
  4. Amigão sim!
    Vizinhos de certeza... a nossa cidade é moda" Mindelo pequenina! Nasci no Calhabé ( (Arregaça) mesmo juntinho à Fábrica de Louça Sociedade Porcelana... Onde trabalharam os meus tios ( hoje está ao abandono) Ainda guardo uma chávenas e bules de café... Terei o maior prazer de lhe oferecer algumas ... O Café d'Fuego até saberá melhor! Aos 10 anos embarquei com família para Cabo Verde ( meu pai era militar na II GM)... aí começou uma longa e história de vida... Simples mas maravilhosa!

    Do Choupal à Lápa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ...e assim surgem as boas amizades. Rogo que alimentem.
      Aproveitem por estarem perto e marquem um almoço com o Olimpio e a senhora Mendes

      Excluir
  5. Agora sim. Esta é a minha amiga Nouredini.
    Permita-me que discorde quando diz que com este género de fotos a verdade vem ao cimo. Não é assim totalmente. Nós todas com o passar do tempo ficamos com as feições alteradas, mas com a Nouredini esse facto ainda vem a caminho. O pior desta anterior foto, era a expressão - parecia que estava a desmaiar. Lagarto, lagarto, lagarto... vamos lá sorrir, que um rosto sorrindo está sempre fresco e belo. Obrigada por ter feito o que eu pedi.

    Estou bem melhor,e esperando melhor ainda. O Olímpio ainda queixoso o que me deixa um tanto preocupada. Anda a arranjar coragem para ir falar com a nossa Dra., ela já o acompanha há anos.

    Continuo atarefada com o livro, já me tem faltado a coragem, e até já me lamentei de o ter começado. É que por vezes receio não o concluir - se me dá o badagáio?!

    Não respondi ainda ao Sr. Artur Mendes. Afinal quase meu conterrâneo) Gostei tanto de saber que ele é de Coimbra. A Nouredini tem o email dele? Preferia escrever-lhe por email.

    E pronto. Vou arrumar as compras que hoje foi dia de gastar os euros.

    Abraço apertado e duas beijocas, da Dilita.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.