27 de mar de 2016

Impermanência

Istotambémpassará
Tambémpassaráisto
Passaráistotambém.

Tudo passa e quem me ensinou isso acaba de deixar a minha vida.  As pessoas,  as coisas e as situações são  impermanentes e nós  é que insistimos em querer rete-las.  Mudamos nós  e as pessoas.
Sou membro da Fraternidade Branca Universal,  onde se entra por escolha,  reencontro e força kármica.  Para Ela se volta e Nela se permanece por compromisso porque independente das coisas transitórias Ela é  regida por Leis Universais.

Entramos e saímos dos grupos que se reúnem em seu nome e com base nos seus princípios.  Neste grupo atual encontrei irmãos, ensinamentos e o ombro fraterno de um orientador.  Nela resgatei dignidade, fraternidade e sanidade.

Durante quase 12 anos segui e respeitei a hierarquia  no grupo,  me senti em casa e acolhida e me doei  de todo coração,  mas ser fraterno é ser coerente,  honesto, verdadeiro  e segui as orientações.  Se começo  a sentir-me desconfortável,  magoado ou pouco verdadeiro, principalmente com a liderança,  só  cabe uma atitude,  manter-se na FBU e deixar o grupo.

Não  sem dor deixo o Ashram  Mahananda.  Sou grata pelo que recebi e aprendi.  Continuarei na FBU porque ela não  é propriedade de grupos ou membros.  Ela é e Dela não  se sai.
Permaneço fiel aos princípios fraternos e ao nome que Dela recebi.

Santi Om Namah Om

Nouredini.'.

2 comentários:

  1. Sinto que este assunto é um tanto sinuoso para mim... Mau grado a ignorância sobre os âmagos, uma certeza me conforta: é que as decisões da cara Nouredini, sejam elas quais forem, serão ditadas pela sua verticalidade intelectual...
    Paz e amor!
    Bjs
    Zito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim querido, bastante embasada na coerência e nos princípios.
      Obrigada.

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.