9 de jan de 2017

Vigiando a panela do Arrozcatum

Como boa amiga estou zelando pela panela do Arrozcatum, enquanto meu amigo Zito não vem. Aliás, eu não, nós.

Os amigos e leitores de Zito tem se revezado na visita diária ao blog, mantendo aceso o lume e, vez por outra, passando a colher na panela, pondo um tiquinho de água e alentando nossa saudade.

Somos muitos e de  diferentes pontos do globo, todos a rezar, vibrar e nutrir esperança. Afinal, Zito mesmo hospitalizado nos brindou com o post de número 10.000 e escreveu de punho o 10.001.

Grande feito. 10.000 posts não é para qualquer um! Nós nos orgulhamos de fazer parte desta história de sucesso. Cada grão deste arroz é curtido e comemorado.

Por isto meu amigo esteja tranquilo para cuidar da saúde ao lado da sua família. Comentaremos o mesmo post "trocentas" vezes até que outro surja e nos alegre porque lá estaremos todos os dias, até que retornes.

Quando puder e a saúde permitir passe na cozinha do Arroz para receber nosso carinho.

Vida tranquila a Zito e a seu Arrozcatum.blogspot.com.

Paz, força, foco e fé para você e toda família.


Nosso amigo Zito do Arrozcatum

5 comentários:

  1. Querida

    Muito obrigada por seu email.
    Já fui no Arroz e deixei lá comentário, também a envolvi a si na brincadeira.
    Agora já me apetece brincar, oxalá não esteja a alegrar-me de modo precipitado.
    Beijinhos, e abraços fortes.
    Dilita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não temos que pensar no depois. Agora nosso amigo está em casa e cercado do conforto dos que ama.
      Deus no comando e tudo a seu tempo!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. As suas (nossas) preces foram ouvidas e o Zito voltou para a casa onde lhe espera a Maiuca e onde vai receber as visitas dos filhos que, pùdicamente, pouco ou nada se manifestaram no AcA. A preocupação era tamanha...
    Nouredini, amiga,
    O Zito é forte; bebeu duas "àguas milagrosas" naquela terra onde consumia caldos da cachupa e, sempre que podia, a cavala à moda da terra. Tudo isso com muita amizade que nos ligou para sempre. Nôs, os verdadeiros, não somos "invisiveis", damos a cara e associamo-nos para as coisas boas como, por exemplo, para partilhar - com os nossos Amigos d'aquem e d'além mar - o que de mais precioso temos em Nôs: a Morabeza.
    Bem Haja !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recebi e-mail do Mendes me avisando. Ontem a Festa da lavagem do Bomfim teve um motivo a mais para o cortejo e festejo - A volta do Zito.
      Que sigam dias de conforto junto a família seja qual for a peleja que ele tem pela frente. O importante é o agora e ela está com os que o ama.
      Os tenho no meu coração e em sólida amizade.

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.