20 de mai de 2017

O olhar de Adilson, um presente!

 Café, bolinho, beijos e toda minha gratidão ao artista  Adilson Fagundes  que realizou o meu sonho de ter a foto das gordinhas de Ondina.
Este olhar impar de imensa generosidade consegue tornar ainda mais belo tudo onde pousa.
Sempre acreditei que fotgrafia é sobretudo, olhar e no mais, técnica. Contudo, sei que técnica não é fácil e exige conhecimento e dedicação.
O olhar é nato, brota da alma e eterniza tudo em belo : - do simples ao complexo, do cotidiano dificil do rosto suado do trabalhador ao sorriso da criança, que inocente brica na lama suja. Ainda que, por vezes, expresse a dura realidade,  é belo por ser verdade, por ser real e ser instantaneo. 
Com as fotos de Adilson, os matizes religiosos se misturam na beleza da expressão da fé. As arcadas desmoronando do velho centro histórico deixam escapar vida pelas entranhas.
O olhar do fotógrafo transborda a sua alma, que transcende e imortaliza o momento.
Este é o olhar deste amigo. Alma simples e generosa, que realizou este meu desejo.
Quiserá poder ver a sua arte no lugar merecido das galerias e num livro, que saltitante de alegria entraria (ou entrarei) na fila dos autógrafos.
Obrigada amigo, muito obrigada.
#citeofotografo Adilson Fagundes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.