21 de jul de 2013

O Efêmero pode ser eterno!

Ontem, dia do amigo, presentei as minhas filhas com um berloque para as suas pulseiras. Trata-se de um daqueles que deve ser separado e dividido com outra pessoa. A inscrição traduz a relação delas - amigas para sempre, escrito em ambas partes.

Bonito,  oportuno mas algo parecia não casar e me intrigou...era o pingente pendente com uma borboleta em cada! As borboletas são efêmeras por que escolhe-las como símbolo do eterno, do sempre?

Claro, que buscar no oráculo google seria rápido e fácil,  mas achei que também estava sendo presenteada com uma oportunidade de refletir e assim o fiz.

Percebi a minha necessidade de reter as coisas e me apropriar de tudo. O sentido de sempre pode  advir da alegria do momento, da lembrança feliz, do esforço em cada fase da vida, da transformação. São eles, os amigos, que estão sempre perto em todas as horas, em todas as fases, nas lágrimas,  suores, sorrisos, partidas e chegadas.

Nos velam nos momento casulo até virarmos borboletas e não sabemos quem assistirá ao último vôo espetacular de quem.  O que realmente importa é que cada momento vivido foi um "sempre" porque foi único e intenso, acompanhado pelos olhos vigilantes da borboleta amiga.

Sejam felizes e amigas, seja qual for o sempre permitido pelas suas vidas!

Com amor de mãe, 
Nouredini


2 comentários:

  1. Para sempre, só existe com a ajuda da memoria pois nós também somos efémeros; por isso, "forever" quererá dizer durante e para além da vida física, nossa ou de outrem!
    Bjs, para sempre,
    Zito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Certamente meu amigo. Sua presença, por exemplo, eterniza meus rabiscos!

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.