23 de jul de 2013

Tecendo o amanhã!


Começo a fazer o  meu enxoval. Aliás, coisa que não fiz nem quando mocinha e casei pela primeira vez, nos  idos de 1975.

Será um enxoval diferente e fui inspirada  a faze-lo após ler uns versos de Fernando Pessoa, a quem chamaria no popular de Fernando, figura! A capacidade de Pessoa de por a nu as nossas necessidades de forma verdadeira, firme e  real,  mas nunca agressiva,  fazem  dele uma figurinha rara nos álbuns de literatura.

Ontem me deparei com os versos dele:

Enquanto  não atravessarmos

a dor da nossa própria solidão

continuaremos  a nos buscar em outras metades.

Para viver a dois, antes, é necessário ser um."

Ao ler, de imediato, precisei do café mais forte que pude preparar, era um soco na barriga, um sacolejo, um acorda para cuspir, uma pergunta – quando eu fui eu ? quando fui um? Quando fui inteira, sem ser partes somadas de metades?

Concluo que nunca dantes no quartel de Abrantes!

Assim, a  próxima relação exigira um longo preparo, um verdadeiro enxoval, que começa com uma colcha de retalhos de flashs de memória dos  momentos de conquista e  superação. Também terá muitos bordados com  flores reunidas dos boquets das vitórias pessoas, profissionais, da maternidade e até mesmo, as flores, que homenageiam  aos que passaram  em minha vida e contribuíram com a experiência tenha sido positiva ou não.

Será um enxoval  um feito de momentos de solidão necessária, de silêncio prazeroso, satisfação com as conquistas, certezas e segurança do que sou, tenho e alcancei. Não sei quanto tempo levarei para completar o meu baú de moça casadoira ou até mesmo se o terminarei em tempo, mas não importa.

Como disse a figura do Pessoa “ para viver a dois, antes , é necessário ser um”.

Mãos a obra!

 

 

 

2 comentários:

  1. Pessoa não disse, mas a gente adivinha que, para viver a dois, o OUTRO também precisa ser um!
    Tá?
    Zito, um e único!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido amigo,
      No meu caso, na maioria das vezes, o outro já sabia a lição de casa. Eu que ainda preciso aprender. Já estou iniciando a alfabetização e tenho tido bons professores, alguns ex-alunos do Liceu de S. Vicente...rsrsrs
      Beijos de beabá

      Excluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.