3 de set de 2013

café sem bolinho!


Quando o sucesso no VP é apenas continuar e  perseguir, calmamente, a meta.

Sou vigilante e como muitos vigilantes de profissão dou os meus cochilos e quando isto ocorre, ganho peso. Aprendi que nada é perdido na aritmética da vida e assim, vou aprendendo a cada vez, a errar menos.

Para os membros do VP ( vigilantes do Peso - WW) de metas longas, o caminho é mais árduo porque sempre que ouvimos um depoimento de alguém que alcançou a meta, não há como não correlacionar o quanto ainda falta para nossa. Na verdade, as agruras começam em saber-se num programa de média de 12 semanas, com emagrecimento esperado de 0,5  semanal, quando se tem 40 kg a eliminar!

A rotina das reuniões estimula e nos mantem interessados, mas chegam os platôs, chega a falta de saco, a semanas impares e negativas onde você não quer festejar a meta de 5 kg e a cartão de sócio de vitalício do outro. Egoísmo? Sim, puro egoísmo e até inveja. Culpa? Sim. Adianta, não.

Penso e repenso, continuo e lá se vai mais uma semana. O sonho de ser membro vitalício, atingir o peso ideal e até vir a  ser orientador vai ficando cada vez mais distante, porque vai se perdendo nas semanas e nos inúmeros boletins cheios de adesivos, que até lembram nossos álbuns de figurinhas de quando éramos crianças e parece que nunca encontraremos aquela última figurinha que falta.

Recomponho-me, penso nos recém chegados, obesos e cheios de esperança. Já fui assim, a 22kg  passados e só faltam 18 kg. Meu Deus,  18Kg!  É hora de escolher se penso que a metade do copo ainda esta cheia ou a metade já esta vazia.

Faço a escolha otimista: -  falta menos da metade e, quem sabe até me aposentar, consiga. Respiro, me recomponho, volto a sonhar que um dia poderei juntar as minhas praticas de comunicação e extensão com o trabalho de orientadora e assim fazer algo gostoso e manter o peso.

A todos que como eu tem metas de longo prazo, lhes digo - não desistam e se permitam invejas e  vacilos. Não se culpem, isto só demonstra que ainda estam se importando com o seu excesso de peso, ainda estão preocupando-se com isto e que poderão  continuar lutando.

Chegaremos lá!

 

2 comentários:

  1. Entre Seixas e WW meu coração balança...Também me sobram quatro dezenas de uma incómoda moldura lípida que no Verão me castiga e no Inverno me abriga...Que fzer, meu Deus, se é pela boca que o peixe morre?!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.