10 de set de 2013

Mão Fina: - Café no Senadinho


Hoje estou profundamene irritada com tanta roubalheira, enquanto trabalho todos os dias desde os 17 anos para pagar as minhas contas. Trabalho para que não falte meu pó de café e para que eu possa toma-lo num lugar decente.
 
Pago luz, telefone, aluguel, condomínio, internet, comida, roupa, remédios, médicos e eventualmente lazer. Pago as contas junto com as minhas filhas. Trabalhamos muito e trabalhamos duro!
 
Hoje soube que meu plano de saúde, que quase não tem cobertura, vai aumentar 6,5% e meu aumento de salário será de 2,3%. Bolas, que não as tenhos! Estou no limite.
 
A caminho do trabalho ouço o disco de Arlindo Cruz e um samba seu, que mais é um partido alto associado ao funk de D2  e...pimba, encontro uma música que é a cara dos senhores governadores, deputados e senadores . A eles dedico este sabinha maneiro:

Mão fina

Fala, mão fina
Eta, mão ligeira
Diplomado na esquina
Em malandro de primeira
Se fosse trabalhador
Salvava a nação inteira
Seria operário-padrão
Da indústria brasileira (mão fina)
E no jogo de ronda sempre tirou onda
Puxando um galho
Que ninguém acerta; É o rei do baralho
A mão mais esperta, melhor jogador
Mas se fosse trabalhador
Teria outra carreira
Seria operário-padrão
Da indústria brasileira
Fala, mão fina...
Tremendo mão leve
Que sempre se atreve e mete a forquilha
No trem ou na pista dispensa quadrilha
Diz que ser punguista é encantador
Mas se fosse trabalhador
Em vez de bater carteira
Seria operário-padrão
Da indústria brasileira
Fala, mão fina...
Se ele tivesse um ninho
E muito carinho da família inteira
Seria operário-padrão
Da indústria brasileira
Se ele tivesse acesso
À ordem e o progresso da nossa bandeira
Seria operário-padrão
Da indústria brasileira

Não digo que vão se ferrar porque ferrados estamos nós!

Um comentário:

  1. Minha amiga, a minha pensão de aposentado, depois de mais de 30 anos de labuta, crescia cerca de 3% todos os anos...Há três anos que não cresce nada e consta que no próximo Orçamento Geral do Estado, vai levar um rombo de 10%...
    Nunca a classe média foi tão castigada nesta teimosa filosofia de nivelar por baixo...
    Zito

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.