18 de set de 2013

Café clemente - Solo lo pido a Dios


Sólo le pido a Dios - Beth Carvalho e Mercedes Sosa

 
Possa eu, não ser indiferente a injustiça, a dor e a morte porque neste dia estarei morta ainda que respire. Estarei morta, ainda que o coração bata, mesmo que meus pés ainda se movimentem.

Solo le pido a Dios
Que lo injusto no me sea indiferente
Que no me  abofeteen la otra mejilla
Después que na garra me arañó esta suerte

Ser incessível é a morte do corpo e da alma!

Solo le pido a Dios
Que a guera no me sea indiferente
es um mostro grande e pisa fuerte
Toda pobre inocencia de la gente

Também não quero fechar os olhos para não assistir o que de ruim me rodeia ou bandear-me para outras paradas para não participar da minha luta.

Solo le pido a Dios
Que ele engaño no me sea indifeente
Si un traidor puede mas que unos cuantos,
Que esos cuantos no olviden fácilmente.
 


Fico, falo, luto e protesto até mesmo se me faltar café.

Solo le pido a Dios
Que el futuro no me sea indiferente,
Desahuciado esta que tene que marchar
A vivir una cultura diferente.

Que a chama da Fraternidade e do amor compassivo sempre esteja ao alcance dos meus olhos e ilumine os meus dias. Assim,

Solo le pido a Dios
Que ele dolor no me sea indiferente,
Que la reseca muerte no me enuentre
Vacio Y solo sin haber hecho lo suficiente.


 











 
 

2 comentários:

  1. Em qualquer lingua e em qualquer credo a indiferença devia ser pecado mortal...Mais de metade já teria morrido!

    ResponderExcluir
  2. Concorod caro amigo e sei você que jamais padadecerá deste mal!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Deixe seu comentáro, enquanto passo nosso cafezinho.